O Europeu de Andebol Masculino – Alemanha 2024, onde Portugal esteve em excelente plano premiou Martim Costa (79), que inscreveu o seu nome no “All Star Team” do Euro 2024 como melhor lateral esquerdo e foi simultaneamente o rei dos marcadores desta competição.


As contas finais do Europeu de Andebol 2024 estão fechadas e resumimos aqui nesta notícia a excelente prestação da Seleção portuguesa, que se classificou em 7º lugar e de um Europeu fantástico. A classificação portuguesa neste Euro iguala a segunda melhor de sempre, na Croácia em 2000, onde a equipa de Javier Garcia Cuesta, Carlos Resende, Eduardo Filipe, Viktor Tchicoulaev obteve também o 7º posto e somente atrás do 6º lugar do Euro 2020, de Paulo Jorge Pereira e Alfredo Quintana e companhia, no Euro 2020, que foi realizado na Suécia, Áustria e Noruega.

(https://ehfeuro.eurohandball.com/)

Martim Costa, português, de 21 anos, com 54 golos marcados foi o melhor marcador do torneio e escolhido para a equipa ideal da competição, igualando o feito que Carlos Resende em 2000. O atleta do Sporting CP acabou empatado com Mathias Gidsel (Dinamarca) na lista dos melhores marcadores, mas com menos jogos realizados.

Dois atletas deste All-Star Team repetem presença face a anteriores edições do Europeu: o dinamarquês Mathias Gidsel (segunda vez consecutiva como melhor lateral direito) e o guarda-redes alemão Andreas Wolff, que fez parte da equipa ideal em 2016, na Polónia, quando a seleção germânica conquistou o último grande título.

Quanto à classificação final das 24 equipas o destaque pela positiva vai para a consolidação de Portugal no topo do Andebol mundial, para a vitória da França, para a presença no top 3 de dois países nórdicos e para uma “aparente” maior valia e poder do Andebol Nórdico, para o aparecimento das Ilhas Faroé numa grande competição sénior mundial, com o 20º lugar, dando continuidade ao excelente trabalho na formação deste país, também nórdico; e pela negativa para o 4º lugar da organizadora Alemanha, pois tem o melhor campeonato e os melhores jogadores do mundo, para o 19º lugar da ex potência Sérvia e do “apagão” do Andebol do leste europeu.

A próxima competição internacional é o Pré-Olímpico, já em março, com vários grupos de apuramento para os Jogos Olímpicos – Paris 2024 e a participação de Portugal. Os nossos “Heróis do Mar” estão integrados no Grupo 3, que de 14 a 17 de março, em local a designar, têm como adversários as seleções da Noruega, Hungria e Tunísia. São apuradas duas equipas deste grupo para Paris 2024.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

four × 3 =