Foram muitos os árbitros que estiveram presentes este sábado no CFIE – Curso de Formação de Início de Época, da Associação de Andebol do Porto (AAP), que decorreu nas instalações da Associação Académica de S. Mamede (AASM).

_________________________________________

Esta Ação de Formação dá tradicionalmente início à nova época desportiva dos árbitros inscritos na AAP (Regionais, Nacionais e também Delegados) e foram aproximadamente sessenta os participantes, que entre o Pavilhão Eduardo Soares e a Sede da AASM foram sujeitos a Testes Físicos, Testes Escritos e ouviram as Orientações Administrativas, Técnicas e Regras de Arbitragem para esta nova época.

(Dr. Cãndido Aguiar, Fernando Ferrão, Dr. Paulo Martins, Carlos Silva e Ana Afonso)

 

Estiveram presentes o Presidente da AAP, Paulo Martins; Fernando Ferrão (representante do Conselho de Arbitragem da FAP); Ana Afonso (Vice-Presidente da AAP e Responsável pela Arbitragem) e o Dr. Cândido Aguiar (Conselho Disciplinar da AAP). Paulo Martins deu as boas-vindas e referiu a importância da Arbitragem e a constante necessidade de formação e de recrutar novos árbitros. Referindo-se à responsabilidade que os árbitros têm, realçou a necessidade de uma postura e imagem boa destes agentes desportivos e de representarem a Arbitragem e a AAP com orgulho e responsabilidade. Falou também da diferença entre autoridade e autoritarismo, no contexto da Arbitragem.

Fernando Ferrão (FAP) deu os parabéns pelo número de árbitros presentes, referindo que todas as ações nacionais em que tem estado presente têm corrido bem e que é muito importante que todos os árbitros continuem a trabalhar focados na sua melhoria contínua e que as oportunidades certamente chegarão aqueles que trabalham e evoluem. O Representante da Arbitragem da FAP deu também os parabéns à AAP pela sua Escola de Árbitros (EFAA – Escola de Formação de Árbitros de Andebol), que considera um modelo que tem funcionado e a seguir.

Ana Afonso teve palavras de liderança para com os árbitros que representa; “Que esta época que inicia seja tudo aquilo que procuram, façam um trabalho sério e consistente; a AAP cá estará para vos apoiar, defender, auxiliar, mas também orientar.”

Carlos Silva, Presidente da AASM e anfitrião desta Ação, esteve presente para dar também ele as boas-vindas à Arbitragem da AAP à sua “casa”, que gentilmente cedeu. A AAP agradece a cortesia deste Clube filiado, que tem uma jovem e recente direção.

O Dr. Cândido Aguiar, que foi um dos Formadores chamou à atenção da importância da Cooperação entre Arbitragem e Disciplina, para que se aplique um decisão justa, equilibrada e equitativa quando há incidência disciplinares. “A arbitragem e a disciplina estão interligadas por força do Regulamento Disciplinar”. Para o Responsável da Disciplina da AAP, “os árbitros enquanto autoridade máxima num jogo tem que ter atenção ao que é descrito quanto às incidências do jogo, nomeadamente quanto a matéria disciplinar. O relatório do jogo, em processo sumário, funciona como uma acusação disciplinar”.

Terminada esta Formação e certamente com muita energia e vontade de todos na Arbitragem da AAP, está assim tudo a postos para uma excelente época desportiva de 2023/2024 e a continuidade do crescimento da Arbitragem em Portugal, que tem feito o seu caminho acompanhando a evolução do Andebol Nacional.

A todos os árbitros e delegados votos de uma época de sucesso.

         

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

twelve − eight =